Facebook Twitter You Tube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Jurídico

  17/06/2019 

FESTIVIDADES JUNINAS

As modalidades de dança conhecida como “Quadrilha Junina”, longe de ser uma representação cultural genuína brasileira tem sua origem nos    salões nobres da França e trazida para nossa Corte no período colonial.

 Reforçando a origem francesa dessa festividade, por muito tempo, o Narrador ou Animador da “Quadrilha” usava palavras francesas, com erros na pronúncia, para comandar a dança:

-Alavantú ;”En avant tous” (todos vão para  frente);

- Anarriê:   “En arrière” (vão para trás);

- Changê :    “ Changer/changez” ( Trocar)

- Otrefoá :     “ Autre fois “ ( repetir o passo);

- Balancê : “Balancer” ( balançar o corpo conforme o ritmo);

Returnê : “ Returner” ( voltar)-  

Difundida em todo o Brasil, sofreu forte influência de outras culturas, como a chinesa, ao se adotar o uso de fogos de artifícios.  Nos dias atuais, é no Nordeste onde a dança é difundida com mais relevância e grande festividade são realizadas nas cidades e vilarejos sertanejos.

Durante os festejos, predominam as culinárias com base no milho em razão da messe desse cereal.  Nas quermesses encontramos   curau, cuscuz, pipoca, milho assado e cozido, bem como uma diversidade de bolos maravilhosos e, nos sertões, usa-se costumeiramente uma fogueira para assar milho verde e batata.

A “Quadrilha possui coreografia própria e um roteiro definido.

Os principais personagens são: casal de noivo, padre, delegado, pai da noiva, padrinhos e convidados.

No “script” obedecem a uma sequência pré-estabelecida. Entre outros destacamos: “Cumprimento dos cavalheiros às damas”,” Grande passeio pela roça”, Túnel formados por casais”, e gritos de  -“Olha a chuva – já passou”,” - Olha a cobra – é mentira!” e finalmente o casamento dos noivos.

Hoje em dia, realizam-se festivais estaduais   onde a campeã disputa o prêmio de melhor do nordeste.

Desfiguradas da simplicidade primitiva, as “Quadrilha Juninas” de hoje são estilizadas, com ritmos atualizados, com coreografia e “script” adequada ao momento vivido, mas sempre mantendo viva nossas tradições.

Última atualização: 17/06/2019 às 11:33:30
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
Lei os termos de uso

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

CTB CNTS